Siga-nos nas nossas redes

Notícias

Espaços culturais do Estado têm programação suspensa devido a novo decreto

Medida atende decreto do Governo do Amazonas para impedir a propagação do novo coronavírus

A Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa suspendeu, no último sábado (26/12), a programação e a visitação dos espaços culturais administrados pela pasta. A medida é preventiva e atende o decreto 43.234 do Governo do Amazonas, que dispõe sobre as novas medidas para o enfrentamento da Covid-19 no Estado.

As atividades nos equipamentos culturais vão ser suspensas até o dia 10 de janeiro e uma nova agenda vai ser reestruturada, conforme o cenário no Estado.

As apresentações marcadas para os teatros, Amazonas e Instalação, vão ser reagendadas, assim como as dos cineteatros (Guarany, Padre Pedro Vignola, Comandante Ventura e Aldemar Bonates).

Os centros culturais Palácio Rio Negro, Palácio da Justiça, dos Povos da Amazônia e Usina Chaminé vão ter os eventos suspensos, além de serem fechados para visitação.

Os museus também não vão funcionar, como o Palacete Provincial, que abriga o Museu de Arqueologia, Museu da Imagem e do Som (Misam), Museu de Numismática do Amazonas, Museu Tiradentes e a Pinacoteca do Estado; o Museu do Seringal Vila Paraíso; e o Museu do Homem do Norte.

A Galeria do Largo também vai interromper as atividades; assim como a Casa das Artes. As bibliotecas seguem fechadas.

Editais – Por conta da suspensão de atividades nos espaços culturais, ficam também suspensos os editais de seleção de propostas para autorização de uso com ônus e sem ônus dos equipamentos culturais, até que a agenda dos eventos seja reestruturada.

Mais informações www.cultura.am.gov.br.

Continue Lendo
Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 + quatro =